4 outubro 2019
4 outubro 2019,
 0

.

Instagram: travelforlifebr | Facebook: travelforlifebr | Twitter: travelforlifebr

.

REGINALDO PUPO | MARAGOGI (AL)

 

Maragogi é linda durante o dia….

…. e esplêndida durante a noite

Passeios de barcos levam às piscinas naturais, que têm água transparente. Feito faz de Maragogi o “Caribe brasileiro”, na opinião dos turistas | Jéssica Aquino / Travel for Life

“Congestionamento” de banhistas, deslumbrados com a cor da água e o fato de poderem caminhar “sobre o mar”, na Barra Grande | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Maragogi está inserida na Costa dos Corais de Alagoas, uma área de 135km de extensão | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Para conhecer as principais praias de Maragogi, a dica é contratar um passeio de bugue. No roteiro estão as praias Burgalhau, Barra Grande, Antunes e Praia do Xaréu (foto) | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Maragogi também pertence a uma APA (Área de Proteção Ambiental) Marinha, que tem como prioridades a conservação dos recifes de corais | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Músico durante apresentação para hóspedes da Pousada Camurim Grande ao cair da tarde | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Turista aprecia espumante em uma das piscinas naturais. Passeio, com direito à bebida e petiscos, é oferecido pela Pousada Camurim Grande | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Milhares de brasileiros sonham em conhecer as belíssimas praias caribenhas, devido às suas águas transparentes, de temperatura amena, ideais para um delicioso banho de mar ou para um inesquecível mergulho.

Mas quem busca esse cenário de cartão postal, não precisa ir muito longe e nem gastar centenas de dólares. O Brasil tem seu próprio “Caribe”. E está logo ali.

Maragogi, em Alagoas, tem todo esse cenário: praias belíssimas de águas mornas e tranquilas, com tons verde e azul cristalinos, além de várias piscinas naturais. Por isso, é considerada o “Caribe brasileiro” pelos turistas que a visitam. A cidade de cerca de 30 mil habitantes ainda é detentora da segunda maior barreira de corais do mundo, perdendo apenas para a da Austrália.

Além de todas essas belezas, o nosso Caribe tem um diferencial insuperável: seu povo acolhedor e hospitaleiro, que trata os turistas como se fossem membros de suas próprias famílias.

O litoral de Maragogi possui 22km de extensão e entre suas 10 praias, a de Barra Grande é, disparada, a mais disputada, devido à existência de uma faixa de areia de cerca de um quilômetro de extensão, que avança mar adentro.

A Travel for Life visitou o lugar em uma tranquila segunda-feira, mas na faixa de areia havia “congestionamento” de banhistas, deslumbrados com a cor da água e o fato de poderem caminhar “sobre o mar”.

No entorno, centenas de barcos e catamarãs que fazem passeios ao local disputavam espaço para tentar adquirir o melhor ângulo para que os turistas pudessem registrar o inusitado em imagens.

Além da Barra Grande, as piscinas naturais também são um dos atrativos mais cobiçadas. Elas são formadas por recifes de corais com flora e fauna riquíssimas.

Nos dois passeios é necessário consultar a tábua das marés, que muda diariamente, pois somente é possível chegar aos lugares com a maré baixa, que ocorre, geralmente, no período da manhã e nas épocas de luas nova e cheia. A consulta deve ser feita no dia anterior.

Confira a hora em que a maré estará no nível mínimo, ou seja, mais próximo do zero. O ideal é programar a saída para, no máximo, uma hora antes, para chegar às piscinas no momento que elas estiverem o mais seca possível.

Para conhecer as principais praias de Maragogi, a dica é contratar um passeio de bugue. No roteiro estão as praias Burgalhau, Barra Grande, Antunes e Praia do Xaréu, que depois de um tempo, passou a ser conhecida como “Praia da Bruna”, uma homenagem carinhosa à atriz Bruna Lombardi, que gostava de se banhar no lugar na década de 90.

Os passeios, que custam R$ 60,00 por pessoa, duram entre 2h e 2h30 e podem ser contratados nos hotéis e pousadas. Durante os trajetos, há paradas para fotos, que os próprios bugueiros fazem questão de tirá-las.

Área preservada

Maragogi está inserida na Costa dos Corais de Alagoas, uma área de 135km de extensão, localizada no litoral norte do estado, a maior unidade de conservação marinha do Brasil.

Os municípios que compõem essa região (Japaratinga, Porto Calvo, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Passo de Camaragibe, Barra de Santo Antônio e Paripueira) possuem verdadeiros tesouros formados também por piscinas naturais, rios, mangues, antigos engenhos, rica culinárias e várias opções de hospedagens.

Para preservar ainda mais o lugar, Maragogi também pertence a uma APA (Área de Proteção Ambiental) Marinha, que tem como prioridades a conservação dos recifes de corais, a proteção das áreas de manguezais, a preservação da população do peixe-boi marinho e o desenvolvimento da pesca e do turismo responsável no interior da APA.

Opções de passeios

Além das belas praias, dignas de cartões postais, Maragogi oferece uma gama de opções para os visitantes. A Trilha do Visgueiro, por exemplo, proporciona uma verdadeira imersão à Mata Atlântica. A trilha, distante 18km de Maragogi, tem seis quilômetros de extensão e o passeio tem paradas para contemplação da natureza até chegar aos Visgueiros, que são árvores com mais de 500 anos de idade.

Na Associação Peixe-Boi, um santuário de preservação da espécie, é possível conhecer os animais, que estão ameaçados de extinção. Já no Zoológico Interativo, o turista pode interagir com animais incríveis durante o circuito de visitação e ainda aprender ainda mais sobre a preservação do meio ambiente.

Na avenida da praia o turista encontra, ao longo da orla, barraquinhas de artesanatos, barzinhos e muita paquera.

Não deixe de visitar os mirantes, a vista é simplesmente deslumbrante e compensa toda a viagem. Mas se apenas o visual magnífico não for o suficiente, aproveite para fazer um mergulho com cilindro, para iniciantes ou credenciados.

Os mergulhos são feitos nas piscinas naturais, onde é possível ver milhares de peixinhos, mesmo com a água do mar batendo nos joelhos.

Para os mais aventureiros, mergulhe em alguns dos naufrágios existentes por ali.

LEIA TAMBÉM:

Pousada Camurim Grande (AL) tem cenário de filme e gastronomia surpreendente

Vans da Costazul Turismo e Receptivo, empresa que realiza transfer dos aeroportos de Maceió e Recife para Maragogi | Foto Divulgação

Bugues da ABM (Associação dos Bugueiros de Maragogi), que realizam passeios pelas praias da cidade | Foto Divulgação

Como chegar

É possível chegar a Maragogi a partir do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares (Maceió/AL) ou pelo Aeroporto Internacional Guararapes (Recife/PE). A distância terrestre a partir das duas capitais até Maragogi é de exatos 125km. As companhias aéreas Gol, Latam e Azul têm voos diários para Maceió (AL) e Recife (PE).

Os acessos podem ser feitos pela AL-101 Norte (partindo de Maceió) ou BR 101 Sul / PE 060 (partindo do Recife). O melhor acesso é pela BR 101, pois as condições da rodovia são um pouco melhores que a AL-101.

A Costazul Turismo e Receptivo realiza o transfer dos dois aeroportos até Maragogi e região por meio de vans e micro-ônibus. A empresa também realiza passeios pela cidade e região.

Para quem gosta de mais comodidade e agilidade, o receptivo também faz a locação de carros. Informações pelos telefones: (82) 3296-2125 | (82) 3296-1304 | (82) 9-8812-0733. Informações podem ser obtidas por meio do site www.costazulturismo.com.br.

Os passeios de bugue são feitos pela ABM (Associação dos Bugueiros de Maragogi) e as as reservas podem ser feitas via direct no Instagram. O perfil é @abmmaragogioficial.

Os passeios são feitos por algumas das praias do litoral norte ou litoral sul, totalizando 22km de praias. Valor é de R$ 60,00 pessoas, com direito a paradas para fotografias, que são feitas pelos simpáticos bugueiros, que também contam muitas histórias sobre o lugar.

.

Bolinho de goma, Aratu e Robalo ao molho de manga:

conheça as famosas iguarias de Maragogi

.

Bolinhos de goma, iguaria tradicional de Maragogi | Camille Panzera / Divulgação

Aratu é um petisco de caranguejo com ervas, pimenta e azeite | Divulgação

Robalo ao Molho de Manga | Divulgação

Maragogi (AL) – Depois de passear, caminhar e nadar entre peixinhos nas piscinas naturais de Maragogi, nada como aguardar o momento mais esperado do dia: experimentar a culinária típica local. E Maragogi foge do trivial arroz, feijão e salada para apresentar seus saborosos quitutes.

O principal prato típico da região é o Bolinho de Goma, um doce produzido com leite de coco e mandioca, finalizado em formato de conchinha. Ele é servido em diversos restaurantes e barracas à beira-mar de Maragogi e região.

Os nativos contam que os bolinhos são uma herança que os colonizadores holandeses deixaram por lá. As tapiocas (doces e salgadas) também fazem sucesso e têm uma infinidade de sabores, que vão da banana ao queijo.

Quem é fã de quitutes salgados não pode deixar de experimentar o Aratu, um petisco feito com caranguejo e que é preparado com ervas, pimenta e azeite.

Robalo ao Molho de Manga, Morango e Carambola, um sabor totalmente inusitado. Outro prato do gênero, que mistura os sabores do mar com os sabores doces é o Salmão Grelhado ao Molho de Maracujá, acompanhado por um exclusivo Purê de Cenoura.

A Moranga Recheada com Camarões é imperdível e de dar água na boca. No mesmo restaurante durante a noite você pode se deliciar com uma pizza crocante. O drinque mais popular por estas bandas é a Caipirinha, se você gosta de um bom aperitivo, não deixe de pedir.

Já os Folhados de Maragogi são uma boa pedida para o café da manhã. Leves, crocantes e de vários sabores, é servido em hotéis e pousadas. Outra delícia são as famosas bolachas de Maragogi, também doces e salgadas, fabricadas e vendidas em uma tradicional padaria no centro da cidade.

Já os amantes dos frutos do mar não sairão decepcionados da viagem. Os restaurantes oferecem porções pra lá de generosas de camarões pistola, peixes, lulas, polvos, mariscos e ostras, que também acompanham pratos principais.

O Robalo ao Molho de Manga, Morango e Carambola, por exemplo, tem um sabor totalmente inusitado. Outro prato bem pedido pelos visitantes é o Salmão Grelhado ao Molho de Maracujá, acompanhado por Purê de Cenoura. A Moranga Recheada com Camarões também é imperdível e de dar água na boca.

Nada como petiscar à beira-mar, jogar conversa fora com os amigos e aproveitar os cenários paradisíacos de Maragogi sentindo a brisa do mar. E peça uma caipirinha, a bebida mais tradicional da praia.

.

.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »