20 abril 2019
Categoria Automóveis
20 abril 2019,
 0

.

Instagram: travelforlifebr | Facebook: travelforlifebr | Twitter: travelforlifebr

.

*GUTO LEIRIÃO | @j2_comunicacao

CAMPOS DO JORDÃO (SP)

.

O veículo também vem equipado com tacógrafo de série, item fundamental para o trabalho de transporte de passageiros | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Depois de testar, por quatro dias, o Sprinter 515 CDI, da Mercedes-Benz, é possível assegurar que trata-se de um modelo com ótimo desempenho na estrada e bastante segurança e robustez em ruas de diferentes tipos, inclusive com acessos íngremes.

O teste ocorreu em Campos do Jordão, local em que não faltam ladeiras e estradas em aclive. A surpresa ficou por conta do custo de toda a viagem (estrada e traslado na cidade com veículo cheio – são 17 lugares mais o motorista): desempenho médio de 10 a 12 km/l de diesel. Foi mais econômico que meu carro particular 1.6 flex de 5 lugares.

É evidente o cuidado da fabricante em disponibilizar o máximo de controles possíveis ao alcance do condutor, além de bancos e direção reguláveis, o que facilita muito na adaptação quase instantânea ao veículo e suas dimensões bem generosas, imprimindo no condutor uma sensação de conforto e segurança (um grande desafio, quando estamos falando de um veículo maior que 7 metros de comprimento e quase 2 metros de largura). A boa distribuição visual do painel permite acompanhar os dados do computador de bordo, por exemplo, sem tirar a atenção na estrada.

A van é muito alta, com exato 1,9m de altura interna e 2,86m de altura externa. Isso proporciona aos passageiros muita facilidade de acesso a qualquer dos assentos | Reginaldo Pupo / Travel for Life

A frente imponente, formada por linhas simples e bem distribuídas, deixam o veículo luxuoso e, ao mesmo tempo, muito robusto. Internamente, podemos notar que todos os vidros do veículo são amplos, proporcionando tanto ao condutor quanto aos passageiros uma visão bastante agradável de todo o ambiente externo – o que é fundamental para garantir a segurança e controle do motorista.

A van é muito alta, com exato 1,9m de altura interna e 2,86m de altura externa. Isso proporciona aos passageiros muita facilidade de acesso a qualquer dos assentos, sem a necessidade de abaixar a cabeça ou curvar o corpo ao entrar no carro. Toda essa vantagem de conforto e amplitude interna, tem um preço para o condutor. Ao passar por lugares de teto baixo, como portões, garagens, avenidas arborizadas é necessário um cuidado especial na condução, sob o risco de raspar ou arranhar o teto em alamedas ou portarias.

Desempenho e economia

O computador de bordo é o ponto alto da experiência com o veículo. Embora não possua nenhuma novidade tecnológica de última geração, e apenas uma entrada USB (poderia disponibilizar mais entradas, especialmente para os passageiros) o veículo vem equipado com o necessário para a pilotagem e controle total do motorista.

É evidente o cuidado da fabricante em disponibilizar o máximo de controles possíveis ao alcance do condutor | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Na versão testada, equipada com piloto automático e limitador de velocidade. Ao acionar o limitador (através de botões integrados ao volante e painel) é possível dirigir com a tranquilidade e total respeito ao limite de velocidade.

O equipamento é ideal para proprietários, empregadores e motoristas, pois será de total responsabilidade do motorista optar por uma condução mais ousada, buscando desempenho e velocidade, que o veículo entrega com facilidade (até 150 km/h) sem muito esforço, ou por uma condução mais segura e conservadora, regulando o limitador em acordo com a sinalização local. O veículo também vem equipado com tacógrafo de série, item fundamental para o trabalho comercial de transporte de passageiros e/ou carga.

O ar condicionado tem ótimo desempenho e visor de temperatura separado em local de destaque e fácil acesso no painel, permitindo que o motorista possa determinar a temperatura ideal interna, independente da temperatura externa.

.

Experiência e sonho – opinião de um motorista profissional

.

A  515 CDI tem capacidade para 17 lugares | Reginaldo Pupo / Travel for Life

Já fui condutor escolar e tenho uma família de motoristas profissionais e os modelos Sprinter sempre foram o sonho do meu pai. Convidei-o para dar uma volta. Em menos de 2 minutos, ele já havia regulado banco, volante e espelhos para o seu modo de dirigir, e eu ao seu lado, fiz o papel de observador dessa experiência.

Durante a condução, ele foi pontuando o que achou:

  • – O carro é maior Van que já dirigiu.
  • – Adaptação intuitiva e rápida. O que é tremendamente positivo.
  • – Bem fácil de manobrar, embora seja muito comprida.
  • – Tem um ponto cego: a coluna dianteira (ligação entre porta e para-brisas) atrapalha a visão dos carros que vem da direita.
  • – É muito confortável e silenciosa, nem parece que é a diesel.
  • – Não dá tranco na mudança de marcha.
  • – É possível regular o limitador de velocidade sem tirar as mãos do volante e ele funciona bem.
  • – Finalizou a experiência se perguntando se a manutenção da Sprinter seria menos problemática que os demais carros que teve.

.

Guto Leirião é publicitário e diretor de arte na j2 Comunicação

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »