30 março 2019
30 março 2019,
 0

.

Instagram: travelforlifebr | Facebook: travelforlifebr | Twitter: travelforlifebr

.

POÇOS DE CALDAS (MG)

Com nove dias de programação e mais de 100 atividades, o tema desta 14ª edição do Flipoços – Festival Literário Internacional de Poços de Caldas é “Literatura sem Fronteiras”, tendo como Patrono o professor, escritor, crítico literário e intelectual Jorge Schwartz, um dos maiores especialistas em Literatura Latino-Americana no Brasil.

O festival, que tem apoio cultural da Travel for Life, recebe diferentes escritores e atrações que vão abordar aspectos da latinidade, sobretudo, procurar aproximação com os vizinhos latino-americanos através da Literatura. Neste ano o festival ocorre entre os dias 27 de abril a 05 de maio, no Espaço Cultural da Urca e todas as atividades têm entrada gratuita.

A solenidade de abertura, que vai acontecer no dia 27 de abril, a partir 19h30 no Teatro da Urca, homenageará além do Patrono, o escritor sulfuroso Ramiro Canedo de Carvalho, a escritora sem fronteiras Katia Gerlach e o ex-ministro da Cultura, Sérgio de Sá Leitão. Nessa oportunidade, o público contará também com o espetáculo “Los Grandes Poetas del Tango” em homenagem a todos que são e que se sentem “Sem Fronteiras”.

A produção do show foi feita pelo cantor poços-caldense de origem argentina, Lucas Cozzani que terá como parceria de palco a maestrina Valderez Medina Ferreira.

O espetáculo inédito, que vai retratar a literatura e os grandes poetas daquele país, convidará a um passeio pelo ambiente do Tango Canción e entregará a sua alma em cada verso de seus poetas que o imortalizaram. A abertura do Festival é aberta ao público.

Antes da abertura, nesse mesmo dia, às 16h, na Arena Cultural acontece a primeira atividade da temática latina com o editor da Companhia das Letras, Emílio Fraia, na mesa “Quem foi Júlio Cortázar?”. No bate-papo ele falará sobre o livro “O jogo da amarelinha”, uma das obras mais importantes do autor argentino e que está sendo organizada pelo editor e breve lançada pela Cia. A mediação é do pesquisador Sérgio Montero.

Já no domingo, 28 de maio, o festival recebe a mesa Literatura Sem Fronteiras – Portugal, Colômbia e Brasil – “Vidas que se cruzam, vidas sem fronteiras”, com o autor colombiano Juan Quintero Herrera, a portuguesa Calí Boreaz e a brasileira Katia Gerlach, que vive nos Estados Unidos. Mediação Silvia Schmidt.

Fechando a programação do primeiro fim de semana dentro da temática latino-americana, no domingo (28) às 20h no Teatro da Urca, acontece o encontro com o patrono do Flipoços 2019 Jorge Schwartz com a conferência “América Latina: Entre a Literatura e as Artes Plásticas”. Para essa atividade, será necessária a doação de um livro em troca do ingresso.

“Jornalismo literário”

Um dos momentos altos da temática latino-americana, sem dúvida, será a mesa Literatura e Reportagem “A abordagem do narcotráfico pelo jornalismo literário”, dia 01 de maio, às 19h30 no Teatro da Urca com o autor colombiano Alonso Salazar, ex-prefeito de Medellin e biógrafo de “Pablo Escobar – Ascensão e Queda do grande traficante de drogas” que estará pela primeira vez no Brasil. Participa com ele da mesa o autor Allan de Abreu do livro Rota Caipira.

A mediação será do jornalista Edu Carvalho, que viveu nas comunidades no Rio de Janeiro e vivenciou de perto a problemática do tráfico de drogas. Apesar do assunto “espinhoso” a questão do narcotráfico é infelizmente um assunto comum entre os dois países, Brasil e Colômbia.

“Não queremos de forma alguma ‘glamourizar’ o tema”, enfatiza Gisele Ferreira, curadora do Festival, “mas promover uma discussão em que através da literatura possamos encontrar alguma explicação sobre a origem e a irmandade entre os dois países nesse que é um tema extremamente delicado, mas que precisa ser debatido”, conta ela. O assunto é inédito em festivais literários brasileiros, mas pela temática do Flipoços 2019, que destaca a literatura latino-americana a curadoria achou importante essa abordagem.

Já no dia 02 de maio, às 20h, acontecerá também um momento especial da temática da latinidade com a mesa “Autores Sem Fronteiras entre o Brasil e América Latina” com os autores uruguaios Gabriela Aguerre e Fernando Villalba. Fernando que alterna residência entre Uruguai, Brasil e Espanha divide mesa com Gabriela Aguerre, que nasceu em Montevidéu, mas vive no Brasil. Gabriela, acabou de lançar seu primeiro romance “O Quarto Branco” e participa de um festival literário no Brasil pela primeira vez. A mediação será de Fernando Lindoso.

No dia 03 de maio, sexta, às 17h30, na Arena Cultural, dentro da temática também acontece a mesa “Brasil Uruguai e Portugal, o que nos une nas letras” com o escritor uruguaio Fernando Villalba (lançamento do livro “Nunca te duermas escuchando relatos de amor” (Editorial Fin de Siglo), a escritora portuguesa Ana Filomena Amaral (lançamento do livro “O Diretor” Editora Giostri. A mediação Susana Ventura.

Também no dia 03, às 18h, no Teatro acontece a mesa temática “A influência das artes latino-americanas nas artes brasileiras” com o artista plástico mineiro Samora Délcio, a poeta Hilvânia de Carvalho, com mediação de Dani Alvisi. Durante o bate papo o artista Samora executa um obra exclusiva para o Flipoços que posteriormente será doada para o município.

Lançamento

O Flipoços recebe também o lançamento do livro “O Amor Segundo Buenos Aires” com Fernando Scheller, jornalista internacional do Estadão, como parte da temática do festival.

Além dos escritores inéditos e autores ligados à temática hispano-americana, o festival mantém sua tradição de intercâmbio cultural com Portugal, por meio da vinda de autores portugueses.

Neste ano estão confirmadas a presença da poeta Calí Boreaz, da poeta e atriz Ana Pracaschandra, da escritora e curadora Ana Filomena Amaral, do empresário e curador José Pinho, da professora e curadora Manuela Ribeiro, do jornalista Casimiro Simões, do jornalista e curador Carlos Moura-Carvalho e ainda a jornalista e escritora Alexandra Lucas Coelho, que fará lançamento nacional no Flipoços do livro “Deus-dará”.

As trocas de livros por ingressos podem ser feitas no escritório da GSC Eventos Especiais, localizada na Rua Prefeito Chagas, 305 – sala 308 – Centro – Poços de Caldas (MG). O Flipoços 2019 conta com o patrocínio do DME e Café Três Corações, com as entidades Câmara Brasileira do Livro, Câmara Mineira do Livro, Instituto Pró-livro, Embaixada de Portugal no Brasil e Instituto Camões. Mais informações podem ser obtidas no site www.flipocos.com e telefone (35) 3697-1551.

.

.

.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »