28 março 2019
Categoria Vinhos & Bebidas
28 março 2019,
 0

.

Instagram: travelforlifebr | Facebook: travelforlifebr | Twitter: travelforlifebr

.

SÃO BENTO DO SAPUCAÍ (SP)

Evento proporcionará vivência diferenciada por meio de um momento educativo e descontraído de conexão com o campo | Fotos Divulgação

Conduzido por renomadas mulheres especialistas do mercado cervejeiro, AsMaltadas chega à sua 3ª edição no dia 5 de abril e oferece ao público uma vivência diferenciada por meio de um momento educativo e descontraído de conexão com o campo, valorizando as características do lúpulo brasileiro.

O projeto, que nasceu da parceria das empreendedoras do Árarosa e Armazém São Bento, na cidade de Gonçalves (MG), na Mantiqueira sul mineira, tem como objetivo realizar seis encontros para desvendar os segredos das “maltadas”, trazendo novos referenciais, marinado na poética das relações e na rica experiência sensorial. O evento busca lançar um olhar feminino sobre um assunto predominantemente masculino.

“As mulheres que se inseriram no mercado cervejeiro, de não em não, foram fazendo os seus sins. E mais, vêm se destacando e se especializando qualitativamente em toda a cadeia produtiva. Então, queremos mostrar o mercado cervejeiro pela ótica dessas mulheres e também as inovações para comercializar cervejas especiais e artesanais, um dos grandes desafios enfrentados”, explica Vera Pena, do Armazém São Bento, uma das idealizadoras do projeto.

Lúpulo brasileiro

Neste 3º encontro, um dos destaques será a cultura do lúpulo brasileiro, que foi iniciada depois de várias tentativas frustradas. Mesmo estando entre os maiores produtores de cerveja do mundo, o Brasil, por não apresentar clima favorável para o cultivo da planta, necessitava importar o insumo de outros países. Depois de várias produções experimentais em diversos tipos de solo, estados do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Bahia finalmente conseguiram resultados satisfatórios e iniciaram suas colheitas.

A mestra em estilos ICB, Taiga Cazarine, que além de atuar como jurada em concursos nacionais e internacionais, é Beer Huntress

Depois de mais de 10 anos de testes, os experimentos com o lúpulo também foram positivos na Serra da Mantiqueira, onde tudo começou, mais precisamente na Fazenda Entre Vilas, localizada em São Bento do Sapucaí (SP), que já fez sua quinta colheita comercial e produz em média 600 quilos de lúpulo anualmente.

Para entender melhor sobre os aspectos do desenvolvimento do lúpulo na região e no país, durante o encontro haverá um passeio no Viveiro Frutopia, guiado pelo agrônomo e produtor Rodrigo Veraldi, onde os participantes terão uma vivência diferenciada.

“O nosso lúpulo foi gerado em solo brasileiro, por isso ele é diferente. Quando falamos que a cerveja foi feita com o lúpulo nacional, essa cerveja acaba tendo uma vantagem sobre as outras e isso faz com que ela seja singular. Essa é a principal razão de nós acreditarmos no lúpulo Mantiqueira e estamos também cruzando ele com outros tipos para oferecer mais opções para quem faz cerveja e valoriza o lúpulo cultivado no país”, comenta Rodrigo.

Nomes importantes

O outro destaque desta edição serão as contribuições sobre cultura cervejeira e mercado pela jovem empreendedora Luiza Lugli Tolosa, sócia fundadora da cervejaria Dádiva, que acaba de completar cinco anos e já lançou mais de 100 rótulos de cerveja; e pela mestra em estilos ICB, Taiga Cazarine, que além de atuar como jurada em concursos nacionais e internacionais, é Beer Huntress na Beer.com.br, maior ecommerce de cervejas do Brasil, e já viajou para oito países em busca de novidades para o mercado consumidor brasileiro, que conduzirá a harmonização de produtos da região com as cervejas artesanais selecionadas para esse encontro.

O agrônomo Rodrigo Verald, que comandará um passeio no Viveiro Frutopia

“Reunir pessoas qualificadas e diferenciadas, num ambiente acolhedor e de natureza exuberante, facilita a troca de saberes, o contato com técnicas e experiências que irão enriquecer a cadeia produtiva do setor e valorizar a relação produtor-consumidor”, comenta Vitor Pompeu, professor de Gastronomia do Senac e chef do Restaurante Sauá, de Gonçalves (MG), novo integrante do projeto.

Compondo a programação do encontro, também haverá brassagem com ingredientes colhidos na fazenda e lúpulo Mantiqueira, feira de produtores artesanais e um almoço menu confiança, destaque da casa. “Penso que a promoção desses encontros aumenta o engajamento dos apreciadores de uma boa bebida, ao entender todo o processo, a composição e a complexidade de sabores e aromas desse produto artesanal, num cenário tão paradisíaco”, comenta Vanessa Miranda, da Árarosa, realizadora do projeto.

Programação

O evento, que acontecerá em 5 de abrl, será realizado no Entre Vilas, em São Bento do Sapucaí, das 10h às 18h. As inscrições custam R$ 290,00 e podem ser feitas pelo email contato.asmaltadas@gmail.com ou pelo link bit.ly/asmaltadasinscricao. Para mais informações, entre em contato pelo (35) 9-9992 9361.

Às 10h serão feitas as boas-vindas. A programação começa às 10h30, com uma visita guiada pelo agrônomo e produtor Rodrigo Veraldi Ismael aos campos de cultivos da fazenda Entre Vilas. Já às 11h30, haverá degustação e harmonização de queijos, azeites, geleias, antepastos, embutidos artesanais locais e cervejas artesanais com a sommelière Taiga Cazarine, beer huntress da Beer.com.br, sob a sombra das castanheiras. Às 13h30 está previsto almoço (Menu Confiança Entre Vilas), com opção vegetariana.

Para o período da tarde, às 16h, está prevista uma visita comentada na sala de brassagem de cerveja temperada com ingredientes da fazenda e o lúpulo Mantiqueira. Às 17h haverá uma roda de conversa com Luiza Lugli Tolosa, sócia e fundadora da Cervejaria Dádiva e, às 18h, um café da roça selará o encerramento do evento.

.

SERVIÇO | ASMALTADAS

Data: 5 de abril

Local: Entre Vilas | Estrada Major Pereira – KM 5,5 | São Bento do Sapucaí (SP)

Valor: R$ 290,00 (transferência ou depósito ou pagamento no cartão)

Reservas: contato.asmaltadas@gmail.com | (35) 9-9992-9361

Instagram: @asmaltadas

.

.

.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »