8 janeiro 2017
8 janeiro 2017,
 4

INSTAGRAM: travelforlifebr | FACEBOOK: travelforlifebr | TWITTER: travelforlifebr

 

REGINALDO PUPO | MONTE VERDE (MG)


Fotos de Jéssica Aquino

 

.

MONTE VERDE (MG) – Visitar a pequena e pacata Monte Verde (170km de São Paulo), distrito do município de Camanducaia, em Minas Gerais, é vivenciar um misto de modernidade, luxo, simplicidade e volta ao tempo. Localizada na Serra da Mantiqueira, o lugar é bastante convidativo para quem quer passar dias inesquecíveis a dois ou em família. Embora a procura por seus atrativos seja maior no inverno, devido ao seu clima serrano, o lugarejo é bastante visitado durante todo o ano, principalmente aos finais de semana e feriados prolongados.

passeio-cavalo-4

Durante o inverno, a temperatura chega a ficar abaixo de zero. O recorde registrado até hoje é de -14ºC, em 1979

Durante o inverno, a temperatura chega a ficar abaixo de zero, ocasionando várias geadas, para a alegria de seus visitantes. O recorde registrado até hoje é de -14ºC, situação ocorrida em 1979. Um dos pontos positivos de Monte Verde é que mesmo na alta temporada os preços praticados pelos restaurantes, hotéis e pousadas são bem convidativos.

_mg_4398-copia

Avenida Monte Verde, onde se concentram os bares, restaurantes, lojinhas de presentes, artesanatos e onde rolam as paqueras

O distrito oferece desde hospedagens simples e rústicas até luxuosas suítes, para poucos endinheirados. A gastronomia é de altíssima qualidade e há restaurantes para todos os bolsos e gostos.

Passeios de charretes, cavalos ou de quadriciclos levam os turistas para o lado rural de Monte Verde. Entre araucárias e vegetações típicas da Serra da Mantiqueira, casas de alto padrão contrastam com pequenas propriedades rurais. Pelas ruas de terra, é possível ver carros de luxo disputando o mesmo espaço com charretes e cavalos. Tudo na mais perfeita harmonia e respeito.

“Desintoxicação”

_mg_4325

Termômetro registra quatro graus negativos na entrada do distrito 

Por estar localizado a 1.555 metros de altitude, assim que o turista chega ao distrito, principalmente os provenientes de grandes centros urbanos como São Paulo ou Campinas, sofre um processo de “desintoxicação” logo nas primeiras horas de contato direto com o ar puro e a natureza.

Para aproveitar ainda mais a estadia, os visitantes têm opções de passeios a cavalo, quadriciclos, bikes, jipes, trilhas, cachoeiras, caminhadas, tudo em meio à natureza exuberante da Serra da Mantiqueira. Pistas de patinação fazem a alegria da criançada.

paisagem-1

Araucárias produzem cenário típico europeu em pleno Sul de Minas Gerais

Na Avenida Monte Verde, que concentra o lado turístico do vilarejo e onde acontece o agito noturno e o burburinho, há diversas lojinhas que vendem artesanatos, camisetas, queijos, vinhos e doces. Também há uma grande variedade de cafeterias, chocolaterias, sorveterias, entre outras “gordices”.

Não estranhe se os proprietários desses lugares sentarem-se à mesa com você. É que no quesito hospitalidade, Monte Verde chega ao grau mais elevado.

É nesta mesma avenida onde estão localizados os receptivos que fazem os passeios para todos os atrativos que este paraíso oferece.

A temperatura na Vila é amena durante o dia e fresquinha à noite. E com a chegada do Outono, já é possível curtir um friozinho durante a noite e saborear um delicioso fundue, acompanhado por vinho, em frente à lareira. O ideal é curtir a Vila por pelo menos uma semana, para conhecer todos os atrativos.

pedra-redonda-6

Pedra Redonda: chegada por meio de trilha leve e um deslumbrante cenário da Serra da Mantiqueira

Picos

Um dos passeios mais procurados é o que leva os visitantes para os picos que circundam a Vila (Pedra Redonda, Pedra Partida, Chapéu do Bispo, Platô e Pico do Selado), que fazem parte do Parque Ecológico Verner Grinberg.

As trilhas, por sí só, já são um grande atrativo, pois por intermédio delas é possível observar esquilos e fotografar paisagens de tirar o fôlego. Os próprios jipeiros acompanham os turistas, mas para quem pretende ir por conta própria, não precisa de guias, pois todas as trilhas são sinalizadas.

pedra-redonda-10

Amantes do rapel praticam o esporte na Pedra Redonda

Os passeios para os picos exigem um certo grau de esforço em algumas das trilhas. Importante usar roupas leves, levar agasalhos (pois o clima pode mudar drasticamente), água e alguma comida mais energética.

O primeiro pico pode ser percorrido em 40 minutos e o último, em quatro horas. Portanto é importante calcular também o período do retorno. Os guias recomendam realizar os passeios logo pela manhã.

A Pedra Redonda é um dos picos mais visitados, pois o início da trilha está a cerca de 3km da Vila, por onde é possível chegar de carro. A trilha tem 900 metros de extensão e é de média dificuldade. Apesar disso, é comum ver pessoas da Melhor Idade desbravando a trilha. Após quase 600 metros de caminhada, o visitante encontrará um mirante, de onde é possível observar algumas cidades, além dos encantos da serra. Para os mais radicais, é possível praticar rapel a partir da Pedra Redonda.

.

VEJA 110 IMAGENS DE MONTE VERDE  >>> CLIQUE AQUI

.

Audi 4

.

Gastronomia requintada em restaurantes charmosos e pra lá de aconchegantes

.

nissanA gastronomia “monteverdense” não perde, em nada, para grandes restaurantes da capital paulista. Há variadas opções de pratos, como massas, carnes, risotos, sopas, peixes, pizzas e, claro, fundues doces e salgados, que geralmente são as iguarias mais pedidas no inverno. Notadamente os pratos são preparados com requinte, em ambientes charmosos, “cleans” e, na temporada de inverno, a maioria deles, localizada na Avenida Monte Verde, tem música ao vivo. Basta caminhar pela avenida e encontrar o estabelecimento de sua preferência, já que ficam praticamente um ao lado do outro. Esqueça o carro no hotel ou pousada.

villa-dona-2

O Risoto Monte Verde, do Villa Donna, é um dos pratos mais solicitadas pelos clientes, com pinhão e truta grelhada, com molho especial

Dois restaurantes com gastronomia italiana chamam a atenção pela genuinidade dos pratos.  O Villa Donna, primeiro bistrô de Monte Verde, se destaca pelo seu ambiente acolhedor, charmoso e bem decorado, com ambientes térreo e superior.

Os anfitriões Marcelo Kohen e a chef Sônia Kohen dão as boas-vindas aos clientes e, sempre que podem, passam pelas mesas para saber se está tudo correndo bem.

O atendimento se destaca pela agilidade e bom humor dos atendentes. Os pratos são produzidos artesanalmente, na hora, e embora representem o que há de melhor na cozinha italiana, mantém uma característica contemporânea.

Um dos pratos que estrearam o cardápio recentemente e fizeram sucesso no último inverno é o tortelle artesanal, recheado com  pinhão e molho branco. O Risoto Monte Verde é uma das delícias mais solicitadas pelos clientes. É preparado com pinhão (colhidos no lugarejo) e acompanha truta (proveniente da truticultura da região) grelhada com molho especial. Para acompanhar, cervejas nacionais, entre elas, artesanais produzidas em Monte Verde e alguns rótulos alemães.

cantina-portale-di-napole-2

O Polpettone alla Parmigiana é o preferido pela clientela da Portale di Napole

O outro restaurante italiano é a Cantina Portale di Napole, localizada bem na entrada de Monte Verde. Os clientes o descrevem como “um pedacinho da Itália em Monte Verde”, devido à sua decoração, toda ela remetida à Itália. E para ter a sensação de estar ainda mais pertinho daquele país, a música ambiente é proveniente da Itália, claro!

A especialidade da casa é o Polpettone alla Parmigiana, o preferido dos visitantes, e recomendado pelo chef. De cada 10 pratos, nove são o polpettone. Sem esquecer das deliciosas massas com a maravilhosa variedade de molhos. As sobremesas são únicas.  O amplo salão garante mesas espaçosas, proporcionando um bem-estar na hora de almoçar ou jantar. Chama a atenção as cerca de mil garrafas decorativas espalhadas por todo o ambiente e os quadros com fotos e mapas da Itália. A casa possui 70 rótulos de vinhos, provenientes do Chile, Argentina, Portugal e claro, da Itália.

restaurante-villa-amarela-1

O Villa Amarela tem cardápio com comida típica mineira, mas também possui uma variedade de peixes e carnes

Mais opções gastronômicas

O Villa Amarela, também localizado na entrada de Monte Verde, se especializou na cozinha tradicional da montanha. O cardápio é composto por opções de entradas, saladas, carnes, pescados e massas, não deixando de lado as sobremesas especiais do dia.

Há também um cardápio com comida típica mineira, sendo uma das especialidades da casa, que é servida diariamente, numa proposta de rapidez, agilidade e custo atrativo. Quem visitar o lugar no inverno não pode deixar de experimentar o fondue e aos sábados o buffet de feijoada.

A diversificada da adega atende a todos os gostos, com rótulos que harmonizam com a maioria dos pratos. São mais de 100 rótulos de vinhos nacionais e importados, além de várias bebidas premiadas do mundo inteiro.

Uma boa pedida para quem for acompanhado (a) é o jantar romântico à luz de velas. Mas também é possível festejar com os amigos no agradável ambiente externo, equipado com sistema de aquecimento. Às sextas, sábados e domingos tem música ao vivo. Para os kids, a casa oferece espaço externo com parquinho. Já quem levar os pets, o Villa Amarela possui um espaço específico para bichos de pequeno porte.

_mg_4001

Prato que era para festival acabou ficando definitivamente no cardápio, devido ao seu sucesso. Leva coalho, paio, couve, servidos com risoto, acompanha uma cestinha de queijo parmesão

Comida mineira

visaPor estarem no estado de Minas Gerais, muitos turistas buscam a tradicional comida mineira. O Bom di + Bistrô é especializado neste tipo de culinária. O aconchegante ambiente com música ao vivo tem “cara” de casa, para que os clientes possam degustar as delícias com bastante conforto. O bistrô segue à risca seu lema “o sabor de Minas no aconchego das montanhas de Monte Verde”.

Uma das delícias da casa é um prato que foi elaborado para o festival gastronômico realizado no distrito, em maio passado. Ele é produzido com coalho, paio, couve, que são servidos juntamente com um risoto. Uma cestinha de queijo parmesão completa esta deliciosa iguaria. “O prato foi tão bem aceito que agora já faz parte do cardápio”, comemora Lu Almeida, proprietária da casa, localizada na badalada Avenida Monte Verde.

O Café Bistrô é indicado para quem é apaixonado por risotos e fondues, especialidades da casa. O risoto de alho poró é um dos mais pedidos, e harmoniza bem com uma cerveja Erdinger geladinha.

Para esses dias e noites quentes, o ambiente externo é super disputado, de onde é possível observar o vai e vem das pessoas na Avenida Monte Verde. Para os solteiros e solteiras, um excelente lugar para paqueras. A música ao vivo completa o ambiente, especialmente para quem gosta de rock and roll.

tras-os-montes-3

Restaurante Trás os Montes tem cozinha brasileira e portuguesa e vista privilegiada da Avenida Monte Verde, onde acontece o burburinho do local

Um misto curioso da culinária portuguesa e mineira é observado no Restaurante Trás os Montes.

O ambiente é rústico e funciona no andar superior de um prédio, de onde é possível observar, de forma privilegiada, o movimento na Avenida Monte Verde, enquanto o cliente pode degustar alguns dos 50 tipos de pratos típicos e petiscos.

O destaque da casa é para a alcatra grelhada, bisteca, frango grelhado e bacalhau.

O tradicional filé mignon à parmegiana é divino e bem farto. A carta de vinho tem rótulos de Portugal, Chile, Argentina, Austrália e Itália. O atendimento é muito elogiado pelos clientes em sites de avaliações, pela agilidade e simplicidade de seus atendentes.

Um jantar a dois

O Saint Fondue Restaurante é um lugar ideal para se curtir a dois, devido ao ambiente aconchegante, acolhedor e intimista. É considerado o melhor fondue de Monte Verde e funciona no Hotel Saint Michel. Mas é aberto ao público em geral. Além da excelente gastronomia, os clientes comprovam a qualidade e, principalmente, o bom atendimento.

saint-fondue-do-hotel-saint-michel-2

Saint Fundue, especializado em fondue, com decoração requintada, luz de velas, lareira e iluminação baixa, criando uma atmosfera sofisticada e romântica

Para quem visitar o distrito no inverno, as baixas temperaturas típicas da região da Serra da Mantiqueira e em especial de Monte Verde sugerem saborear pratos quentes e um clima mais romântico.

Um restaurante especializado em fondue disponibilizando uma decoração requintada, luz de velas, lareira e iluminação baixa, criando uma atmosfera sofisticada e romântica, tornando-se um ambiente ideal para casais.

A excelente carta permite aos clientes saborear os melhores vinhos, harmonizando com um delicioso fondue de queijo, carne, chocolate ou trio ao som de um refinado piano. Para esses dias quentes de verão, nada como saborear uma cerveja bem gelada, acompanhada por petiscos deliciosos.

confraria-paulistania-3 confraria-paulistania-1A Confraria Paulistânia (fotos ao lado) possui 88 rótulos de cervejas importadas e duas nacionais. São geladas vindas da Alemanha, Itália, Áustria, Holanda, entre outras nacionalidades. A casa possui uma área externa com longe, guarda-sóis e tem música ao vivo nos finais de semana. Abre de segunda a segunda, das 11h até o último cliente.

.

Chocolaterias e cafeterias:

como não resistir à tanta gostosura?

.

Como em toda cidade serrana de clima frio, Monte Verde também tem excelentes chocolaterias, com opções de chocolates e derivados a perder de vista. Visitar algumas delas é um momento tão irresistível que muita gente acaba se esquecendo das dietas.

montanhes-4A Chocolate Montanhês, tradicional em Campos do Jordão (SP), mantém sua única loja fora da Serra da Mantiqueira paulista em Monte Verde há 27 anos. Além da grande variedade de tamanhos, formatos, pesos e sabores, a Montanhês de Monte Verde também possui um excelente e saboroso café expresso, sempre fresquinho.

Alguns chocolates vêm em lindas embalagens, que se transformam em uma excelente opção para presentes. Muitas das guloseimas têm o formato de tabletes, ramas, trufas, bombons e drágeas. Para quem almoçou ou jantou em algum restaurante das proximidades e não saboreou nenhuma sobremesa, a Montanhês possui algumas delas em seu cardápio, como bolos, tortas e chocolate quente.

gressoney-chocolates-3

“Sopa” de morango, com a fruta batida, creme e calda de chocolate. Ao lado, produção artesanal das prímolas

gressoney-chocolates-1Na Gressoney Chocolates a prímula é, sem dúvida, a guloseima mais vendida. Com fabricação própria, é possível ver, através de um vidro, toda a produção artesanal.

A prímula é um misto de alfajor com pão de mel e se mantém firme desde 1978, quando foi criada pelo italiano Jorge Letri e mantida pela atual administração da casa. Somente no inverno, são produzidas cerca de 30 mil prímulas. O processo de produção leva em média três dias.

Experimente a “sopa” de morango, que leva a fruta batida, acompanhada de creme e calda de chocolate Gressoney. Ou o petit gateau, com bolo de nutella com sorvete de creme com chantilly, morango e calda de chocolate Gressoney.

chocolateria-monte-verde-4 chocolateria-monte-verde-3A Chocolateria Monte Verde tem 70 tipos de barras de chocolate, sendo 30 delas produzidas ao leite. A exemplo de outras lojas, é possível adquirir o produto por peso.

Além dos chocolates, outros destaques da casa, que possui uma segunda loja na mesma Avenida Monte Verde, são os doces, como o brownie de nutella (bolo de chocolate com nozes, nutella e chocolate, com sorvete de creme e chantilly) e o petit gateau especial, preparado com doce de leite, bolo de doce de leite, com sorvete artesanal de queijo e goiabada.

“Geralmente o turista busca por produtos diferenciados, por isso, produzimos uma variedade de opções, para que possamos agradar aos clientes”, diz o proprietário Marcos Paulo de Souza.

.

Audi 3

.

O mestre das geleias

.

geleias-edelweiss-5

O “mestre” das geleias Edmundo Garcia Agudo

visaQuem estiver passeando pela Avenida Monte Verde, vale a pena visitar a Geleia Edelweiss, localizada na Galeria Suíça.

Produzidas cuidadosamente sob os olhares atentos do proprietário Edmundo Garcia Agudo, as geleias, saborosas e consistentes, trazem generosos pedaços de 15 tipos de frutas.

Algumas delas são cultivadas em seu próprio sítio, a 1.400 metros de altitude, nos arredores do distrito, como os morangos, physalis e as framboesas. É neste sítio onde também são fabricadas as geleias, de forma artesanal, procedimento que garante altíssima qualidade.

geleias-edelweiss-1

Geleia Edelweis produz artesanalmente 15 sabores

Edmundo conta que aprendeu as receitas quando trabalhava em Viena, na Áustria. Dedicou-se à produção dos produtos após se aposentar da ONU. As geleias mais pedidas são a de açaí, amora, caju, damasco, framboesa, laranja, maçã, maracujá e morango. Os produtos são fabricados com 30% menos açúcares que as geleias comuns fabricadas em larga escala.

“As características de uma boa geleia são cor, consistência e sabor. Todas são elaboradas com um procedimento artesanal, otimizado para cada tipo de fruta. As geleias são fabricadas em pequenos lotes para garantir que atinja seu ponto em curto espaço de tempo, o que garante que a cor da fruta será mantida”, explica o mestre das geleias.

.

SERVIÇO | GELEIAS EDELWEISS

Endereço: Av. Monte Verde, 856 – Galeria Suíça, loja 3

Telefone: (35) 3438-1513.

Horário de funcionamento: 2ª, 3ª, 5ª e 6ª feira, das 12 às 17 horas. Sábados e feriados das 10 às 21 horas. Domingos das 10 às 17 horas.

E-mail: contato@geleiasedelweiss.com.br

.

Uma fazenda mais que radical

.

quadriciclo-quadriventure-3

Turistas durante passeio de quadriciclo da Quadriventure, na Fazenda Radical

visa

Para os amantes de esportes de aventura, o Circuito Fazenda Radical é uma espécie de “Disneylândia”, reúne diversas modalidades num único lugar, como arco e flecha, arvorismo, falcoaria, mega tirolesa, tirolesa infantil, paredes de escaladas, passeios de quadriciclo e slackline. Um lugar para quem quer esquecer os problemas e entrar em contato direto com a natureza.

_mg_3800

O casal Vilmar Pessone e Gabriella Zaiden, de Itápolis, interior de SP, fazem sessão de fotos com gavião e coruja, na Fazenda Radical

“No arvorismo há nove estações que se espalham por uma imensa área verde, totalizando 110 metros de distância, que são percorridos entre 40 minutos e uma hora, dependendo do grau de dificuldade”, explica Wilson de Camargo, o “Pezão”. A tirolesa infantil tem 80 metros. Para os adultos, o percurso é maior, 450 metros na ida e 475 metros na volta. A velocidade pode chegar a 60km/h. Mas é necessário que o praticante tenha no mínimo 40kg de peso e 1,20 metro de altura.

Vários receptivos realizam passeios de quadriciclo na fazenda. A Quadriventure usa uma trilha exclusiva e planejada, cujo trajeto conta com um trio misto de mata fechada, atoleiro e lindas paisagens de tirar o fôlego, literalmente.

Os passeios duram em média uma hora e custam R$ 120,00 por máquina, que pode transportar até duas pessoas. Para pilotar, o turista precisa ter mais de 18 anos e crianças a partir dos 10 anos podem acompanhar na garupa.

_mg_3814Entre uma atividade e outra, olhos mais atentos podem observar nas redondezas diversas espécies de aves, como o papagaio, e também animais como o jacu.

Por falar em bichos, a falcoaria permite aos visitantes ter contato direto com um gavião e uma coruja.

Pode-se também fazer uma sessão de fotos com as aves. As apresentações do gavião ocorrem das 15h às 17h e da coruja apenas às 18h30. Em ambos casos, apenas com agendamento.

As sessões de fotos são realizadas aos fins de semana e feriados, pela manhã, na Avenida Monte Verde.

.

SERVIÇO:

QUADRIVENTURE

Endereço: Galeria Europa, esquina da Avenida Monte Verde com a Rua Rolinha

Telefone: (35) 9-9196-2778 (WhatsApp) | (35) 9-8711-9656

E-mail: quadriventure@outlook.com  | Facebook – Instagram:

.

CIRCUITO FAZENDA RADICAL

Endereço: Rodovia Agostinho Patrus Km 5 – Pico do Selado, Camanducaia – MG

Telefone: (035) 9-8817-2645

Email: contato@fazendaradical.com.br

Funcionamento mês de janeiro:

Mega Tirolesa, Arvorismo, Arco e flecha, Escalada, Tirolesa infantil e Slackline: Todos os dias, das 9:00 às 17:00 e aos domingos até as 16:00 horas.

Quadriciclo: Todos os dias das 9:00 as 17:00 (com agendamento).

Falcoaria: Todos os dias às 15:00 as 17:00 horas com o gavião e exclusivamente as 18:30 com a coruja. Todos com agendamento – na Fazenda

Sessão de fotos com aves: Finais de semana e feriados das 10:30 às 14:00 na Avenida Monte Verde – Demais dias com agendamento na Fazenda.

Passeio a cavalo: Todos os dias das 9:00 às 16:00 horas

.

Visite o atelier de Paula Unger

.

galeria-paula-unger-2 galeria-paula-unger-1“Se a natureza é a manifestação suprema da arte divina, uni-la à arte dos homens, cria uma simbiose mágica”.

É nesse contexto que se situa a Unger’s Pottery House – Art Gallery, em Monte Verde. Em um espaço de 3 mil m2, onde a natureza e arte fundem-se numa bela e harmoniosa manifestação criativa.

Voltada para a arte contemporânea, a galeria de Paula Unger expõe peças de jardim e interior. Nela os visitantes encontram obras de arte, objetos decorativos e utilitários e peças especiais para jardim, como fontes, tocheiros, banheiras e comedouros de passarinhos.

A artista também cede o espaço de sua galeria para outros artistas contemporâneos mostrarem os seus trabalhos e na galeria de arte de Paula Unger o vistante poderá encontrar obras de outros ceramistas, escultores e pintores, como Norma Grinberg, Megumi Yuasa, Percival Tirapeli, entre outros.

.

SERVIÇO | UNGER´S POTTERY HOUSE ART GALLERY

Endereço: Rua da Represa, 1307 – Monte Verde, Camanducaia (MG)

Telefone: (35) 3438-1470

Horário de funcionamento: De segunda a domingo, das 10h às 17h

Sábados, férias e feriados: das 10h às 18h – Fechado às 4º feiras

 .

 

Estalagem Wiesbaden não é

uma pousada, é um sonho!

.

estalagem-wiesbaden-5 estalagem-wiesbaden-2visaPassar alguns dias em Monte Verde pede uma companhia super agradável, ao lado de quem se ama. Afinal, para todos os lugares por onde se olha, há romantismo espalhado em toda parte.

Após as atividades a dois durante o dia, uma excelente opção de hospedagem e relaxamento para casais é a Estalagem Wiesbaden. Não por isso, foi eleita uma das melhores pousadas para lua de mel do Brasil.

Assim como em Monte Verde, o romantismo também está no ar naquele pedacinho de sonho chamado Wiesbaden. As suítes são cuidadosamente decoradas e algumas delas têm ofurô, hidromassagem, lareira, em ambientes super agradáveis e, claro, românticos.

Pétalas de flores perfumadas espalhadas na cama, na hidromassagem, com música romântica, velas, lareira, vinho frisante com morangos, são alguns mimos da bucólica pousada. Tudo para esquecer o mundo lá fora. Algumas das suítes combinam o rústico com o moderno, sem perder a essência romântica.

Os chalés estão situados em uma área verde e florida, dando um tom ainda mais romântico aos casais que se hospedam por lá. Esquilos costumam dar as boas vindas logo na recepção, principalmente no inverno.

Café da manhã

Após acordar, bate aquela preguiça de sair da suíte para tomar o café da manhã. Afinal, é preciso colocar roupas, fazer a higiene bucal, ficar apresentável para não passar vergonha diante dos demais hóspedes que também irão para o café da manhã. É assim que acontece na maioria dos hotéis e pousadas mundo afora.

Mas na Wiesbaden o hóspede pode aproveitar ainda mais a enorme e confortável cama, preparar seu próprio cardápio e solicitar as guloseimas por telefone. Desta forma, evita-se o desperdício e o cliente consome apenas aquilo que solicitou. Esse sistema foi eleito um dos 10 melhores do Brasil pelo “Guia Quatro Rodas”.

_mg_4347

Os esquilos dão as boas-vindas aos hóspedes, assim que chegam na recepção.

“Surpresas românticas”

A Estalagem Wiesbaden prepara três produções românticas para os casais apaixonados. A primeira inclui decoração especial com pétalas de flores espalhadas no chalé, velas aromáticas, incensos, lareira acesa, música ambiente, tábua de frios com vinho frisante importado e fondue de chocolate com cinco tipos de frutas.

Já a segunda produção inclui além dos mesmos itens da primeira, uma garrafa de frisante importado com taça de morangos, massagem relaxante para o casal (30 minutos cada), banho de ofurô (30 minutos) com flores e especiarias e  um fondue de queijo servido à luz de velas.

A terceira produção inclui, além dos itens citados na primeira produção, dois pares de pantufas bordadas e uma garrafa de vinho frisante importado, acompanhada por taças de morangos ou uvas. Além disso, o casal é recebido com coquetel de boas-vindas e um buquê de rosas. A massagem relaxante também faz parte da produção, mas com uma hora de duração para cada um e banho de ofurô (30 minutos) com flores, especiarias, óleos essenciais e um fondue de chocolate ou queijo, servido à luz de velas.

.

SERVIÇO | ESTALAGEM WIESBADEN

Endereço: Wiesbaden Rua Bem te Vi, nº 459, Monte Verde (MG)

Telefone: (035) 3438-1121 / 3438-1635 – WhatsApp: (011) 9 8591-3166

Email: contato@wiesbaden.com.br

Facebook: facebook.com/estalagem.wiesbaden

www.wiesbaden.com.br

Dicas úteis

_mg_4314

O distrito de Monte Verde tem apenas uma agência bancária, a do Bradesco. O comércio em geral aceita cartões de débito e crédito de todas as bandeiras.

A voltagem é 110v. Há táxis na Vila dos Operários, para quem chegar ao lugar de ônibus. Neste caso, recomenda-se alugar um jipe para os passeios, já que a maioria das ruas não é asfaltada, o que dificulta longas caminhadas.

Acesse o site da Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde (AHPMV) e pesquise as opções de hospedagens. Alguns dos hotéis e pousadas também possuem restaurantes. A entidade mantém um Centro de Informações Turísticas logo após o portal de entrada do distrito.  Dicas de passeios podem ser obtidas no Guia Monte Verde ou no site http://monteverdetur.com.br/.

.

_mg_4447COMO CHEGAR

De carro

É necessário passar pela cidade de Camanducaia para chegar ao vilarejo. O acesso é no km 135 da Rodovia Fernão Dias (BR-381). A partir daí, basta acompanhar as placas de sinalização: são mais 30 quilômetros até a vila.

A partir de São Paulo, acessar a Rodovia Presidente Dutra (BR-116) em direção a Guarulhos. No km 13 (2 km antes da entrada de Guarulhos), entre na Rodovia Fernão Dias e dirija mais 12o km até Camanducaia.

Para quem sai do Rio Janeiro, seguir pela Via Dutra em direção a São Paulo até a altura de Jacareí (km 72), pegue a Rodovia D. Pedro I (SP-065) até Atibaia e entre à direita na Fernão Dias (total de 541 km até Monte Verde).

De ônibus

Em São Paulo, a partir do Terminal Rodoviário Tietê, a Viação Cambuí tem dez horários de saída diários para Camanducaia. A viagem dura cerca de 2h20 e o carro das 15h é o último que garante chegar a tempo de tomar o ônibus para Monte Verde.

Partindo de Belo Horizonte, existem duas opções: pela Viação Cometa (linha BH/São Paulo, até Cambuí ou Camanducaia) ou Viação Gontijo (linha BH/Cambuí). Em Cambuí, há saídas para Monte Verde em quatro horários.

Não existem ônibus direto do Rio de Janeiro até Camanducaia. A melhor alternativa é seguir até Pouso Alegre (MG), linha da empresa Bel-Tour, que tem saídas diárias a partir da Rodoviária Novo Rio. Uma vez em Pouso Alegre, há ônibus frequentes para Camanducaia.

Rodovias

Os principais acessos são pela Fernão Dias e pela Dutra.

.

  • Os jornalistas Reginaldo Pupo e Jessica Aquino viajaram com apoio da Secretaria de Turismo de Camanducaia, AHPMV (Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde) e Estalagem Wiesbaden.

 

.

Audi 1

.

 

4 responses on “Monte Verde (MG) se revela um lugar especial para finais de semana a dois

  1. Silvia Lopes disse:

    Muito boa a matéria, no entanto estranhei o dato dos restaurantes alemãs não serem menciondos, eram os mais típicos alguns anos atrás, afinal M. Verde teve sua origem com a chegada de famílias alemãs.

  2. Sandra Souza disse:

    Gostaria de saber se vocês fazem excursões até Monte Verde do Rio de Janeiro. Não tenho carro e preciso de um roteiro de ônibus que parta do Rio de Janeiro. Aguardo seu retorno para poder programar uma viagem no Carnaval.

    • admin disse:

      Olá Sandra, boa tarde.

      Nós somos uma revista on line de Turismo apenas, e não uma operadora de turismo que realiza excursões.
      Apenas publicamos reportagens sobre destinos turísticos.

      Agradecemos pelo seu contato.

      Equipe Travel for Life

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *