4 fevereiro 2016
4 fevereiro 2016,
 0

TEXTO: REGINALDO PUPO | FOTOS: JESSICA AQUINO

_MG_4120

Serra Negra tem lindos parques, praças e jardins

Circuito das Águas (SP) – A pouquíssimas horas da capital paulista e da cidade de Campinas, um conjunto de nove cidades oferece dezenas de atrações turísticas a seus visitantes, que vão desde seu forte, que são as águas com propriedades medicinais; turismo rural e de aventura; riquíssima gastronomia, passeios, ecoturismo, entre outros atrativos. Dos nove municípios que formam o Circuito das Águas Paulista, sete são estâncias turísticas: Águas de Lindóia, Amparo, Holambra, Lindóia, Monte Alegre do Sul, Serra Negra e Socorro.

Nessas estâncias hidrominerais é possível visitar sítios, alambiques, café caipira, cavalgar. A história do Brasil está muito bem retratada na arquitetura dos casarões e das igrejas das fazendas. É possível beber água diretamente das inúmeras fontes espalhadas pelos municípios. Na “rota das águas”, são inúmeras opções de fontes e balneários, espalhados pela região, onde você pode relaxar com sua família.

O Circuito das Águas Paulista tornou-se um dos polos bem mais estruturados do Brasil, com diversos parques de aventura e operadoras que oferecem mais de 20 modalidades esportivas. Paralelamente, atrai milhares de turistas da melhor idade o ano todo. Sua rede hoteleira é disputadíssima e ônibus de excursões chegam de toda parte. O comércio é pujante por onde há espalhadas centenas de lojinhas de lembranças que agradam a todos os gostos.

Águas de Lindóia esbanja saúde 

e passeios em meio à natureza

Águas de Lindóia 4

Parque Municipal, que foi projetado por Burle Marx

 

Águas de Lindóia é uma cidade conhecida como um dos mais importantes centros hidroclimáticos do mundo. As propriedades medicinais de suas águas atestadas por Dr. Francisco Tozzi em 1.909 e Madame Curie (Prêmio Nobel de Física) em 1.926, destacam-se na preservação e recuperação da saúde, com o turismo voltado para cura, repouso e lazer.

Numa área de 55 Km² de montes e vales na Serra da Mantiqueira, a uma altitude média de 945 metros e clima ameno, Águas de Lindóia possui uma diversificada rede hoteleira com aproximadamente sete mil leitos com salões e salas para receber eventos, congressos e feiras. Uma gastronomia diferenciada de altíssima qualidade em restaurantes e barzinhos, comércio de malhas, couro, roupas e acessórios, sapatos e os deliciosos doces de frutas regionais e produtos fresquinhos diretos da fazenda.

Vale a pena dedicar algumas horas para os passeios mais requisitados do pedaço. Um deles é o Balneário Municipal Edison Brasil Tozzi Rizzo, pois reúne em um só lugar Lazer, Termalismo, Crenoterapia, Saúde e Beleza. Nesses dias de calor, as piscinas são muito procuradas. São mais de 30 serviços entre banhos de imersão, massagens, piscinas de água mineral, ducha escocesa, banho de argila, tudo isso em um espaço agradabilíssimo, cercado de verde e belos jardins projetados pelo paisagista Burle Marx.

Criança no Balneário

No Balneário Municipal, saúde para todas as idades

História e Cultura

Outra dica é visitar a Igreja Nossa Senhora das Graças, a padroeira da cidade, um verdadeiro patrimônio histórico. Ela está localizada próximo ao Balneário Municipal e foi construída a partir de 1918, mas sua torre foi erguida nove anos depois.

Perto dali, o Bosque Municipal “Zequinha de Abreu”, situado em frente ao Balneário, é totalmente arborizado, onde corre um riacho em toda sua extensão. Aos domingos e feriados acontece uma feira de artesanato, onde é possível comprar malhas e artigos de couro.

Outro ponto bastante visitado é a Praça Adhemar de Barros, projetada por Burle Marx, pois possibilita um relaxante passeio, onde é possível ver, durante o trajeto, a dança descontraída dos patos, gansos e outras aves. Se você estiver acompanhado (a) por filhos, sobrinhos ou netos, dali saem passeios de trenzinho, carrinhos de propulsão humana e charretes para adultos e crianças. Há também a opção de passeios de pedalinhos no lago.

Turismo Rural também está presente

Turismo Rural também está presente

Depois, confira a Feira de Artes e Artesanato de Águas de Lindóia, que também funciona aos finais de semana, temporada de inverno e verão e feriados prolongados. Se sobrar tempo, volte à praça à noite para observar a fonte luminosa e sonora que funciona todas as noites, encantando a todos que ali passam, tornando o ambiente romântico e acolhedor.

Veja outras dicas de passeios:

Morro do Cruzeiro: A apenas 2km do centro da cidade, oferece uma excelente visão panorâmica de toda a cidade e pode-se avistar também, cidades vizinhas. Local ideal para se respirar um ar puro, tirar fotos e filmar junto ao monumento do Cristo. Pode-se ir de carro ou tomar o trenzinho turístico que sai do centro, na Praça Adhemar de Barros.

Represa Cavalinho Branco: Uma bela paisagem de uma represa, local para passeios a cavalo, bicicletas e charretes. Favorece aos praticantes de “cooper” e passeios à pé.

Circuito das Montanhas: Passeio maravilhoso pelas montanhas com um percurso de 8km, iniciando pela Represa Cavalinho Branco, passando pelo Recanto dos Nefelibatas, Morro Pelado, Bairro dos Coutos, Bairro do Brejal, até chegar no Vacance Hotel. Esta caminhada pode ser feita à pé, à cavalo, de charretes ou automóvel, de preferência começando bem ao raiar do dia, caso o passeio seja feito à pé.

Gruta Nossa Senhora de Fátima: Localizada ao fundo da Prefeitura Municipal, oferece ao turista mais uma fonte da água pura mineral e local onde fiéis católicos fazem suas preces.

Aluguel de Cavalos: Junto à Represa Cavalinho Branco, o caminho do Recanto dos Nefelibatas, local para alugar um cavalo e sair cavalgando, curtindo o verde, o ar puro das montanhas e a beleza que a Cidade oferece.

Entenda as propriedades das águas 

Digestivas: Por ser oligo-metálica não possui metais pesados agregados, o que facilita sua absorção pelo trato intestinal. Enquanto uma água comum leva 30 a 40 minutos para ser absorvida, as águas minerais conseguem o mesmo efeito por menos da metade do tempo: de 10 a 15 minutos.

Diuréticas: Devido ao fato de ser hipossódica, ou seja, ter muito pouco sódio agregado, ela tem um alto poder de filtração pelo rim, possuindo uma PFG (pressão de filtração glomerular) elevada, sendo excretada em torno de 15 a 20 minutos, enquanto uma água comum levaria de duas a três vezes este tempo. Ora, uma água que é absorvida e excretada rapidamente, é dita diurética, portanto é estimulante de um órgão excretor que são os rins, e a sua indicação está relacionada a este poder.

Estimulantes: Quando ingerida na fonte do Balneário, a radioatividade que ela apresenta tem ação estimulante sobre a musculatura lisa visceral do organismo, provocando um aumento do peristaltismo, auxiliando no tratamento da obstipação intestinal, nas dispepsias provocadas por discenesia biliar – micro cálculos e “Slugder” da vesícula biliar – e na eliminação e prevenção dos cálculos renais e ureterais.

SERVIÇO:

Balneário Municipal

Telefones: (19) 3824-1435 ou (19) 3824-3194 

Horário de funcionamento dos banhos:

Das 7h às 13h. 

Horário de funcionamento das piscinas:

Das 8h às 17h.

Amparo impressiona por sua arquitetura histórica

Amparo 4

Interior da Catedral de Nossa Senhora do Amparo

A 130km de São Paulo, Amparo tem 442km2, clima ameno (média de 24ºC), uma convidativa topografia montanhosa e possui qualidades arquitetônicas tombadas pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio  Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) do Estado de São Paulo. Sua história está preservada nos casarios do centro, nos edifícios de tradição clássica e nas casas de fazendas da época áurea do café. O turismo rural se destaca pela visitação a essas antigas fazendas.

Mas, na região central, também é possível “voltar ao passado” visitando algumas construções, como as igrejas de São Benedito, São João Batista, São Sebastião e a Igreja do Rosário; e a Estação Ferroviária da Companhia Mogiana. Inaugurada em 1875, era parte do Ramal que ligava Jaguariúna a Socorro. Ele foi extinto em janeiro de 1967, com a última partida do trem misto que partiu de Monte Alegre do Sul.

Hoje o prédio da estação abriga a Pinacoteca, o Centro de Informações Turísticas e Culturais e a Casa do Artesanato. O prédio que servia de moradia ao chefe da Estação abrigou por muito tempo a Pinacoteca Municipal. Se sobrar disposição para uma caminhada, vá até o Parque Ecológico e ao Observatório Municipal.

Amparo 3

Prédio da Antiga Cadeia (atualmente Polícia Militar)

O Largo da Estação é o centro de lazer onde se encontram vários marcos da cidade como o Monumento aos Expedicionários, o Índio e o Obelisco do Centenário da Independência do Brasil. O Parque Municipal Chico Mendes é onde está localizado o Cristo Redentor, que mede 12 metros de altura e é iluminado por grandes holofotes.

Veja outras dicas de passeios:

Parque Dr. Arruda (Caixa D’Água): Em terreno localizado na parte alta da cidade, foi construída a Caixa D’Água, lembrando uma fortaleza, utilizando pedras sobrepostas, com escadarias um chafariz datado em 1905, grades de ferro, colunas de ferro fundido e ao redor amplo jardim. O engenheiro responsável foi José Alves Paes Leme auxiliado por Antônio Gomes Teixeira. O abastecimento de água de Amparo era garantido pela fonte de Bertoldo, do Arruda e do Morro da Biquinha. Atualmente, ao lado desta construção está a Estação de tratamento do SAAE, responsável pelo abastecimento de toda a cidade. O jardim transformou-se em um importante “viveiro” de plantas, onde eram semeadas e cultivadas as espécies vegetais utilizadas nas nossas praças e jardins.

DSC_8681

Igreja Nossa Senhora do Rosário

Parque Alonso Ferreira de Camargo (Jardim Público): Com a transferência do Cemitério Público para o local onde hoje funciona a E.E.P.S.G. “Dr. Coriolano Burgos”, em 1887, executaram o aterro em toda a área para transformá-lo em um Parque. Em 1888 a população custeou obras de ajardinamento que foram concluídas em duas etapas. A 1ª etapa encerrou-se em 1889 e a 2ª em 1895.

Observatório Municipal: Inaugurado no dia 26 de abril de 1996, junto com o Parque Ecológico Municipal e o Centro de Educação Ambiental, foi construído em um local de fácil acesso aos visitantes, o Observatório Municipal de Amparo tem como objetivo principal divulgar e difundir a Astronomia para crianças, jovens e adultos. Sessões de observação do céu, aulas e cursos, são as principais atividades realizadas pelo Observatório. Elas vêm colocando ao alcance dos interessados os conceitos básicos da fascinante ciência que estuda os astros, a Astronomia.

Holambra: Um pedacinho da Holanda no Brasil

_MG_4428

Recinto onde é realizada a tradicional Expoflora

Caminhar pelas ruas de Holambra – Holanda América Brasil (134 km de São Paulo) é realmente como estar em Amsterdam ou nas pequenas e lindas cidades floridas da Holanda. Tudo na cidade remete ao país de origem: lojinhas, bancos, prédios públicos, restaurantes… tudo construído ou adaptado ao estilo holandês. Logo na chegada já é possível notar essas características.

O Grande Portal que dá acesso ao centro foi inaugurado em 2004 e construído com tijolo à vista, telhado inclinado, janelas grandes, entre outros. Detalhes. Lá também funciona o Serviço de Apoio ao Turista.

A cidade é a maior produtora de flores do Brasil e em setembro acontece seu maior evento, a Explofora, que atrai turistas de diversos lugares do País. Para entender a chegada dos holandeses, visite o Museu Histórico e Cultural. Por meio de seu acervo é possível conhecer todo o processo de imigração e formação da colônia.

_MG_4418_MG_4434É possível ver réplicas das antigas moradias, implementos e maquinários agrícolas. Ele funciona aos finais de semana e feriados das 10h30 às 16h30 e está localizado na Alameda Maurício de Nassau, 894, centro, Holambra – (19) 3802 2053. Mais informações podem ser acessadas pelo site www.museuholambra.com.br.

Dê uma conferida também na cópia fiel dos tradicionais e famosos moinhos holandeses, o moinho de Holambra tem 38,5 metros de altura e funciona exatamente como na Holanda, pela força dos ventos e moendo grãos. Foi construído pelo arquiteto holandês Jan Heidra, que já construiu e reformou aproximadamente 400 moinhos.

Informações turísticas podem ser adquiridas por meio do atendimento no Serviço de Apoio ao Turista, também localizado no moinho, que funciona segunda a sexta, das 8h às 17h e aos finais de semana e feriados das 9h às 17h. Ele fica  na Alameda Maurício de Nassau, sem número, próximo à Rodovia SP 107 e ao portal do moinho. Informações pelo telefone (19) 3802-1303.

Faça um passeio pelo centro da cidade de Holambra e conheça a produção de flores que deu à estância o título de Cidade das Flores. Com duração aproximada de uma hora e meia, você aprenderá como a cidade surgiu, as curiosidades e o plantio de flores. É certamente a melhor maneira de conhecer os campos de flores da cidade.

Uma volta ao passado em Jaguariúna

pontos

A Maria Fumaça, um dos principais atrativos de Jaguariúna

A charmosa cidade, além de ser conhecida nos quatro cantos do país como a “Capital do Cavalo”, pelo grande número de haras existentes e por realizar há 25 anos o Jaguariúna Rodeo Festival, além de inscrever seu nome no mapa do Circuito Nacional de Rodeios, Jaguariúna também integra o Consórcio Intermunicipal do Polo Turístico do Circuito das Águas Paulista e o Circuito Turístico Tecnologia.

Devido à sua localização estratégica, com fácil acesso para três estados brasileiros e ao Aeroporto Internacional de Viracopos e a 120 km de São Paulo, a partir dos anos 80 o município passou a atrair indústrias de tecnologia de ponta.

Não bastassem seus tesouros históricos e culturais, Jaguariúna conta ainda com várias praças, grandes áreas verdes e fazendas centenárias. A cidade que  é cortada pelos rios Camanducaia, Atibaia e Jaguari, conta com dez parques com área verde e infraestrutura, sendo o Parque dos Lagos o principal deles. Há também três lagos povoados de peixes, jardim japonês, quiosques e área para caminhada, espaços cobertos para apresentações culturais, playground, árvores, flores e um estilo arquitetônico diferenciado fazem do Parque dos Lagos um local bucólico e agradável.

No Naga Cable Park, primeiro na America Latina, inaugurado em 2009, iniciantes e iniciados praticam esqui aquático e wakeboard com o auxílio de cabos de aço movidos por motor elétrico. O lago de 62 mil m² – onde os praticantes conseguem atingir a velocidade de 30 km/h – é cercado por uma área de apoio com arquibancadas e restaurante.

Estação-de-Guedes-1024x683

Estação Guedes

Estação Ferroviária 

A antiga Estação Ferroviária foi readequada e lhe foi atribuída um novo destino: tornou-se um Centro Cultural com espaço para Informações Turísticas, restaurante e Feira de Arte e Artesanato e o Museu Ferroviário. O Trem Maria-Fumaça Campinas – Jaguariúna remete aos áureos tempos do café, passando por fazendas e estações antigas.

A Fazenda da Barra, propriedade rural da metade do século XVIII, foi adquirida pelo município para implantação de projetos educativos, culturais e turísticos. O Teatro Municipal Dona Zenaide serve como referência para região, a Biblioteca Municipal e a Casa da Memória Padre Gomes resgata a história e a memória da cidade. Jaguariúna possui hoje uma significativa rede hoteleira e gastronômica, indústrias de tecnologia, lazer, turismo e cultura.

Veja outras dicas de passeios:

Centro Cultural Profº Ulysses da Rocha Cavalcanti – Antiga Estação da Cia Mogiana de Estradas de Ferro – Monumento ferroviário restaurado. Atualmente, abriga o Centro Cultural “Prof. Ulysses da Rocha Cavalcanti”, a Feart (Feira de Arte e Artesanato) que é realizada aos finais de semana e feriados, o Botequim da Estação, o CIT (Centro de Informações Turísticas), bilheterias e plataforma de embarque e desembarque do passeio turístico de Maria Fumaça. É um dos locais mais agradáveis da cidade. O grande destaque do local é a locomotiva Maria Fumaça e o seu carro restaurante, para exposição e totalmente restaurado pela Prefeitura Municipal. A todo o momento pode-se ver turistas, e pessoas em trânsito, pousando para fotos ao lado da “Maria Fumaça”. A antiga estação da Cia. Mogiana foi inaugurada em 15 de dezembro de 1945. Desativada nos anos 70, o prédio histórico foi restaurado pela prefeitura e transformado em Centro Cultural a partir de 1991. Endereço: Avenida Marginal, 600 – Centro; Tel.: (19) 3867-4221.

Estação Guedes (1945) – Construção de 1946 em estilo “clássico” das construções ferroviárias inglesas, utilizado para as estações de trens nos primeiros tempos da ferrovia no Brasil. Hoje o local é utilizado para diversas oficinas culturais e também abriga a sede da Orquestra de Violeiros do Jaguary. Rua Francisco Dal’Bó, s/nº – Bairro Guedes / Telefone: 19 3837-3798

DSC049811

Matriz Centenária Santa Maria

Matriz Centenária Santa Maria – Em terras próximas à sede da fazenda Florianópolis, hoje fazenda Serrinha, e do rio Jaguary, o Coronel Amâncio Bueno, fez erguer, as suas expensas, uma bonita e grande capela, em estilo Gótico-Bizantino, tendo sido construído em 1895. Reservou e doou à Igreja toda quadra circundante. Depois abriu as ruas próximas, denominando-as de Vila Bueno. Homem de visão, Amâncio Bueno encarregou o engenheiro Guilherme Giesbresht para fazer a planta do loteamento que deu origem à pequena vila, que em 5 de agosto de 1896 foi transformada no “Distrito de Paz de Jaguary”, vinculado ao município de Mogi Mirim. Endereço: Praça Umbelina Bueno, s/nº – Centro / Telefone: 19 3867-1536

 

Teatro Municipal Dona Zenaide – A inauguração do prédio, que abrigou durante anos o cinema da cidade, ocorreu em 2008 e foi um marco para a história da arte em Jaguariúna. De sua inauguração até os dias atuais, um grande número de pessoas já assistiu apresentações artístico-culturais como música, dança, coral, exposições e teatro além de seminários e palestras. Rua Alfredo Bueno, 1151 – Centro / Telefone: 19 3867-2404.

Maria Fumaça – O passeio de Maria Fumaça tem objetivo histórico, cultural e recreativo, atendendo a escolas, clubes, associações de terceira idade e o público em geral. Durante o passeio, monitores especializados contam a história do trem e do café, fazem comentários sobre a sociedade da época, os Barões do Café e a rotina dos trabalhadores nos cafezais. Com o restauro das estações, equipamentos, carros e locomotivas a vapor, pessoas de todo o Brasil e de várias partes do mundo já visitaram a cidade para conhecerem uma autêntica ferrovia do século XIX. Fundada em 1872, a Cia. Mogiana de Estradas de Ferro inaugurou o primeiro trecho – Campinas / Jaguary – (hoje, Jaguariúna), em 3 de maio de 1875, contando com a presença do Imperador D. Pedro II. Depois de anos levando o progresso para o interior do Brasil, aos poucos os trajetos foram se modificando, ramais foram sendo desativados e com eles a história de um dos mais importantes meios de transportes: o trem.

Pequena e aconchegante, Lindóia é

a Capital Nacional da Água Mineral

_MG_4073

Cidade é conhecida pelo ar puro e qualidade de vida

Lindóia (164 km de São Paulo) é considerada a Capital Nacional da Água Mineral, responsável por 40% do volume de água mineral distribuído no Brasil. Assim como as demais cidades do Circuito das Águas, está localizada entre as montanhas da Serra da Mantiqueira, a 915 metros de altitude. O Rio do Peixe, com trechos de beleza e imponência, passa ao longo do município, contornando toda a região.

Os aproximadamente sete mil habitantes vivem num recanto aconchegante, respirando ar puro e qualidade de vida. Isso devido à excelente infraestrutura. Ela é tida como um dos melhores lugares para se viver, graças à segurança que oferece, contando, inclusive, com sistema de monitoramento de câmeras.

A vocação nata de Lindóia para o Turismo fica evidente quando nos deparamos com a cordialidade e aconchego com que o povo lindoiano recepciona seus visitantes, seja com o sorriso e o cumprimento a cada encontro ou com a ótima acolhida nos hotéis, chalés e pousadas.

O clima agradável e bucólico evidencia um dos mais belos e marcantes pontos turísticos da região, o Complexo do Grande Lago, que garante entretenimento para todos os gostos e idades. Com 5 km de extensão, o Grande Lago é propício para a prática de esportes náuticos. No vertedouro encontram-se quiosques, quadras de vôlei e futebol de areia, e, também o agradável passeio de pedalinho. No Laguinho, caminhadas, passeios de bicicleta e a pesca esportiva, em meio ao belo paisagismo encontrado, tornam-se muito mais aprazíveis e interessantes.

_MG_4101O Cristo Redentor, a Ponte de Arco, fontes, praças, obeliscos, espaços esportivos e de lazer, o Morro do Mosquito com 1,2 mil metros de altitude são outros atrativos turísticos do município. Sem contar a “Garrafona”, monumento em homenagem à grande riqueza do município, a água mineral, que é fotografada por quem passa pelo lugar.

Outro chamativo é o Turismo Rural. Nas diversas propriedades rurais abertas à visitação é possível acompanhar o processo de produção de vinhos e cachaças, saborear produtos típicos da roça, se encantar com a variedade de peças artesanais, isso tudo em meio às mais belas paisagens. O Turismo de Negócios conta com várias opções de malharias. A cidade também oferece uma variada rede gastronômica com restaurantes, bares e lanchonetes.

O Turismo Cultural é marcado com a Casa de Memória (Museu), apresentações culturais de bandas sinfônicas, do tradicional forró, teatros, o Festival Cultural de Inverno em Julho e a Festa da Padroeira Nossa Senhora das Brotas em Setembro. Na área de eventos, o Carnaval atrai anualmente mais de 50 mil foliões, sendo o mais popular evento da cidade. Em Agosto é realizado o Lindóia Rodeio Fest. E durante todo o ano, o Recinto de Exposições e Lazer recebe diversas festas e eventos de médio e grande porte.

Veja outras dicas de passeios:

Centro de Memória: Pequeno, porém aconchegante em apenas quatro pequenos cômodos o Centro de Memória mostra a história da cidade e apresenta seus ilustres moradores. Também há uma sala específica que conta à história da água mineral. Existe um documento de compra de águas que foram enviadas junto com o homem à Lua, exemplar de uma garrafa que acompanhou a expedição da Apollo 11, além de máquinas e antigos garrafões para transportar a água mineral. Endereço: Rua Major Joaquim de Souza, nº 27 – Centro. Telefone: (19) 3898-2027. Funcionamento de segunda a sexta das 13h às 17h e aos sábados das 9h às 13h.

Lindóia 2

Garrafa é o símbolo representativo da maior riqueza da cidade desde 1978

Complexo Turístico Vale do Barreiro: Inaugurado em 1969, possui grande área com infraestrutura para todo tipo de eventos. É ideal para atividades esportivas. É uma grande atração turística da estância, se prestando, para todo tipo de convenções no Centro de Exposições e esporte em suas quadras. É um lugar ideal para caminhadas, muito usado pela melhor idade. Esse complexo compreende os seguintes atrativos: Laguinho, Recinto de exposições e lazer Antônio Toledo, Grande Lago, Cachoeira do grande Lago, Clube náutico e Vertedouro. Endereço: Av. Rio do Peixe, 885 – Índio de Ouro. Telefone: (19) 3898-9900.

Grande Lago Lindóia: Complexo Turístico do Vale do Barreiro com 260 mil m2 de espelhos d’água é alimentado pelas nascentes que afloram das montanhas. Sua área pertence à prefeitura e foi adquirida por doação de pessoas que desejavam o progresso de Lindóia. O Grande Lago é o maior empreendimento turístico da região e conta hoje com o Clube Náutico e Vertedouro. É muito procurado para o ecoturismo por sua paisagem exuberante, cachoeira em sua cabeceira, árvores frutíferas e ornamentais, ninhais de garças pantaneiras, etc. Destaca-se também o Turismo de Esportes e Lazer, como pesca, natação, esportes náuticos, trekking, mountain bike, motocross e corrida nas áreas circundantes, provas e campeonatos. Endereço: Av. Contorno do lago, s/nº – Telefone: (19) 3898-9900.

Cristo Redentor e Morro do Mosquito: O Cristo Redentor foi construído em 1960, reformado em 2002 e permite a vista da cidade e também da Serra da Mantiqueira. Já no morro do Mosquito (o mais alto, com 1.400m de altitude) é possível avistar toda a região. Endereço: Rua Cristo Redentor, s/nº – Centro. Telefone: (19) 3898-9900.

Garrafa: Iniciativa do Lions Clube, desde 1978 é o símbolo representativo da maior riqueza do Município: Água Mineral. Grandes números de turistas registram sua visita ao Município através de fotos, da carinhosamente chamada “Garrafona de Água Mineral”. Abriga também, o marco em homenagem aos Emancipadores do Município, ocorrido em 1965. Endereço: Avenida 31 de Março s/nº – Centro. Telefone: (19) 3898-9900.

Monte Alegre do Sul: pacata para quem busca descanso

_MG_4321

Balneário Municipal

Monte Alegre do Sul é uma das cidades mais encantadoras do Circuito das Águas Paulista. Sua natureza exuberante desenhada entre montanhas, o clima ameno, as águas com propriedades terapêuticas e o charme das construções coloniais do século XIX, cuidadosamente preservadas, a tornam o destino diferencial dentre as demais.

Em Monte Alegre é possível a prática do turismo termal , turismo religioso, turismo rural , por meio de vários atrativos turísticos, rica em cultura popular e tranquila para se viver, a cidade oferece encantos inimagináveis à poucos quilômetros da Capital Paulista, cuja população acolhedora completa a sensação de bem estar.

Veja outras dicas de passeios:

Santuário do Senhor Bom Jesus – Inaugurado em 06 de Agosto de 1919 pelo Bispo D. Nery de Campinas. É o único Santuário da região. Tem como destaque sua beleza arquitetônica em contraste com o morro do Cristo ao fundo. Seu interior é todo ornamentado por belíssimas pinturas do renomado artista italiano D. Rocco, alta-mor todo entalhado em madeira e os altares de mármore esculpido. O Santuário recebe normalmente diversas romarias e prepara-se para a tradicional Festa do Padroeiro, durante o mês de Agosto.

IMG_4327

Santuário do Senhor Bom Jesus

Balneário Municipal – Aberto de Terça à Sexta-feira das 14:30 horas, às 20:00 horas, aos sábados das 9:00 às 12:00 horas e das 15:00 às 19:00 horas e Domingos das 9:00 às 12:00 horas. No local, encontra-se sauna úmida e seca, banho de imersão, banho de chuveiro, ducha escocesa e serviço de massagem. A água utilizada vem da fonte Bom Jesus e é muito procurada para tratamento de cistites, calculites, edemas varicosas e flebéticos, além de insuficiência hepática, com bons resultados.

Cachoeiras – A natureza foi muito bondosa com esta região, pois forneceu relevo adequado, muitos rios e riachos para que pudesse existis um verdadeiro festival de pequenas cachoeiras, como a do Falcão, com quedas de aproximadamente dez m. e fica na estrada que liga Monte Alegre do Sul ao distritos de Mostardas. A cachoeira das Mostardas embrenhada em um vale que mais parece uma pintura, com quedas naturais de mais ou menos cinco metros, proporcionando um banho com respingos deliciosos. Fica situada no bairro do mesmo nome. Existem muitas outras que os moradores indicam com muito gosto e simpatia.

Mirantes – O Mirante do Cruzeiro é formado por 14 estações que simbolizam a Via Crucis percorrida por Cristo até o Calvário, tendo início logo atrás do Santuário do Senhor Bom Jesus. O Mirante do Cristo Redentor, com acesso de automóvel, propicia melhor visita da região. A noite, a imagem do Cristo iluminada parece estar flutuando.

Esportes Aventura – Rafting, trecho de 4 km com duração de 90 minutos, rapel, trekking, tirolesa. Reservas com antecedência, preços especiais para grupos. Tel. (019) 3899-1647 / 9704-9773 / 9604-8363.

Porcelana faz a fama de Pedreira

downloadA 138km da capital, Pedreira – a capital da porcelana – está às margens do Rio Jaguari, cuja beleza faz parceria com a beleza natural da região em que se localiza a serra da mantiqueira. Além de seus pontos turísticos, do turismo rural, a cidade ainda oferece restaurantes com excelente comida. Com lojas especializadas no atendimento ao turista, sua principal atração reside no extenso comércio de louças, porcelanas, vidros, artigos em madeira, alumínio, gesso, resina empregados em peças artísticas, utilitárias e de decoração.

Veja outras dicas de passeios:

Museu Histórico e da Porcelana de Pedreira – Instalado em antigo sobrado do final do século XIX, seu acervo é composto de fotografias, peças de ferrovia, imigração italiana, do comércio, educação, religião, além de peças de porcelanas, representativas do gosto e tecnologia de cada época, possuindo uma mini-fábrica que demonstra o processo de fabricação da porcelana. Praça Cel. João Pedro, 102 – Centro – Pedreira – SP

Casa do Cel. João Pedro de Godoy Moreira
A casa pertenceu ao fundador de Pedreira, construída entre 1893 e 1894 e após seu último restauro, abriga uma loja de produtos artesanais. Praça Coronel João Pedro, nº 01 – Centro – Pedreira – SP

Praça Cel. João Pedro – A praça que leva o nome do fundador da cidade marca o início de Pedreira e nela encontra-se antigas construções, tais como a antiga estação de trem, o sobrado que abriga o Museu, a casa onde se instalou o primeiro hotel, a casa do primeiro padre e a casa onde residiu o fundador do município, além de muitas lojas que comercializam produtos artesanais.

Estação da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro
Inaugurada em 15 de novembro de 1875, contou com a presença do presidente da Província de São Paulo, Sebastião José Pereira e demais autoridades locais e da região. Está instalada em antigo terreno doado pelo Capitão José Pedro de Godoy Moreira, irmão do fundador da cidade. Os trilhos da ferrovia foram desativados em 1967 e o local já chegou a abrigar o Museu e atualmente é sede do Posto de Informação Turística, a Feira de Arte e Artesanato e o Banheiro Público.

Capela Bom Jesus
Construída em 1896 em terreno doado pelo fundador de Pedreira, o Cel. João Pedro de Godoy Moreira, possui imagem do santo trazida da França pela família do fundador. Está situada entre as ruas Elisa Serafim e Bom Jesus – Vila Canesso – Pedreira – SP

Complexo Turístico do Morro do Cristo
O acesso ao morro existe desde 1932 quando os soldados constitucionalistas implantaram nele as suas trincheiras. Na década de 1980 foi urbanizado e implantaram-se as estações da Via-Sacra. O local também possui a Praça Nossa Senhora Aparecida, o monumento à Revolução Constitucionalista e o portal de entrada semelhante às construções de Jerusalém. O acesso é feito pela Avenida Joaquim Carlos – Centro – Pedreira – SP.

Serra Negra é diversão garantida

Serra Negra 4

Cidade tem lindos parques, praças e jardins, um clima de montanha ricamente oxigenado

Com lindos parques, praças e jardins, um clima de montanha ricamente oxigenado, temperatura média de 20°C, Serra Negra (147 km de São Paulo) é excelente para férias ou atividades de lazer. As variadas programações das férias de inverno e verão são atrativos culturais para todas as idades, além de eventos nos feriados prolongados como as encenações da Paixão de Cristo e do Auto de Natal.

Entre cerca de 70 hotéis-fazendas, pousadas e centros gastronômicos de alta qualidade, Serra Negra ostenta como ponto forte um grande centro comercial de malha e couro.

Os pontos de atração turística são variados, destacando-se as fontes de águas minerais famosas por suas propriedades terapêuticas, roteiros rurais, o teleférico até o Cristo Redentor, entre outros atrativos. Certamente o Teleférico é um dos mais procurados. Proporciona um passeio áereo maravilhoso, panorâmico de inesquecível beleza, encanto, emoção e segurança, com 1,5 mil metros de comprimento com 50 cadeirinhas (Telefone: (19) 3892-1598 | www.telefericoserranegra.com.br).

Após chegar ao topo do Teleférico, aproveite para fazer fotos do Cristo Redentor. Inaugurado em 1952, no alto do Pico do Fonseca, está a 1.080m de altura e tem 18 metros, sendo seis metros de pedestal e 12 metros de estátua. Se pintar aquele medinho de andar no Teleférico, é possível acessar o local com carro pela rua Antônio Jorge José. Ao retornar, leve as crianças para andar de trenzinho, que faz um city tour pela cidade. Seus roteiros se diferem pela inclusão do Parque Fonte Santo Agostinho, Parque Fonte São Luiz, Mercado Cultural. A saída ocorre da Praça João Pessoa e Praça João Zelante.

_MG_4150_MG_4135Depos de conhecer quase toda a região central, visite o Centro de Convenções Circuito das Águas. Com 15 mil m² de área construída, possui três auditórios que comportam 1.140, 180 e 80 pessoas, três salas de apoio com capacidade para 138 pessoas/ cada e um hall de 4 mil m². Cercado de exuberante paisagem, possui área de exposição externa e amplo estacionamento. O espaço é utilizado durante todo o ano para a realização de congressos, feiras e os mais diversos tipos de eventos de cultura e lazer.

Mas se bater aquele calor, corra até o Conjunto Aquático Municipal, que tem uma piscina com mais de mil metros cúbicos. Mas há piscinas menores, duchas, vestiários, lanchonete, pista de patinação, área verde e fonte Menino Jesus de Praga. Fica bem pertinho, na Rua Antônio Jorge José (centro).

Se a criançada não se contentar, leve-as ao Lago dos Macaquinhos. Lá existe uma área para piqueniques, pesqueiro, aluguel de cavalos, pedalinhos, piscinas, playground, chalés e uma ilha no centro do lago com criação de macaquinhos originários do local. Acesso pela Rodovia Serra Negra Amparo, a 6 Km do centro da cidade.

Veja outras dicas de passeios:

Alto da Serra: Ponto mais alto da região com 1.310m, onde é possível avistar mais de 10 cidades da região, tendo também uma das mais belas vistas. O acesso é feito pela Rua 14 de julho.

Parque e Represa Dr. Jovino Silveira: Estação de tratamento de água. O visitante encontra ampla área verde, quiosques para piqueniques e churrascos, viveiro de pássaros, sanitários, lanchonete, pista de bocha, playground e a fonte Nossa Senhora de Lourdes. Acesso pela Rodovia Serra Negra – Amparo, Km 146.

Recinto Municipal de Feiras e Exposições de Serra Negra: Local onde se realizam importantes eventos, como a Festa do Peão de Boiadeiro todos os anos no mês de setembro.

Parque Fonte Santo Agostinho: Bosque de vegetação nativa, com as fontes Santo Agostinho e Santa Luzia, lago e playground. Pode ser visitado por meio de trenzinhos que saem da Praça João Pessoa.

Comércio Local: O comércio de Serra Negra está concentrado nas ruas centrais da cidade: Ruas Coronel Pedro Penteado, Sete de Setembro, nas ruas transversais e em diversas galerias. Apresenta uma enorme variedade de produtos em lã e linha (malharias), vestuário e acessórios em couro, enxovais, presentes e artesanatos diversos.

Socorro “respira” atividades de aventura e Turismo Rural

Socorro 1

Turistas no Alto da Serra, a 1.310 metros de altitude, onde é possível avistar mais de 10 cidades da região

Conhecida mundialmente por suas atividades de aventura e pela sua preocupação com a acessibilidade de seus moradores e visitantes, a estância hidromineral de Socorro (132 km de São Paulo) também vem se destacando pelo seu Turismo Rural, proporcionando aos turistas a oportunidade de conviver em meio à natureza, aos bichos e à sensação de tranquilidade que só uma cidade interiorana pode proporcionar.

Com relevo montanhoso e grande potencial hidrográfico, a cidade estende-se às margens do Rio do Peixe, e suas lindas cachoeiras e corredeiras atraem para a região mais turistas, a cada dia, em busca de atividades de aventura, natureza, clima ameno, ar puro, além das fontes minerais com propriedades medicinais e as tradicionais malhas._MG_3713 O turismo passou a ter um desenvolvimento significativo com o aproveitamento da exuberância da n
atureza que possibilitou a atuação em oito segmentos diferentes de turismo, sendo eles: Turismo de Saúde, Turismo Cultural, Turismo Rural, Ecoturismo, Turismo de Negócios e Eventos, Turismo de Estudos e Intercâmbio, Turismo de Aventura e Turismo Social._MG_3626

A cidade conta com grande variedade de grandes hotéis, hotéis-resorts, hotéis fazenda e pousadas aconchegantes, com toda infraestrutura para descanso e lazer. No centro da cidade, o turista se depara com traços da história do município, visitando casarões do início do século passado com suas portas altas, janelas de guilhotinas, tornando inevitável um retorno ao passado.

Conhecida também como a capital paulista das malhas, com cerca de 400 malharias e grande diversidade de coleções e estilos, e como uma das melhores cidades para a prática de atividades de aventura.

A estância é hoje umas das principais cidades do Circuito das Águas Paulista, reconhecida pelas suas águas hidrominerais, com propriedades medicinais. Também é conhecida como a capital paulista das malhas, com cerca de 400 malharias, malhas de todos os tipos e generos você encontra aqui. A cidade é a “meca” dos amantes das atividades de aventura. Lá é possível praticar Bóia-Cross, Arvorismo, Aqua-Ride, Trekking, Cannoing, Rafting entre outras.

Agora a badalada estância está se preparando para oferecer aos turistas o Natal mais iluminado e sustentável da região do Circuito das Águas. O “Luzes de Natal” entra no seu segundo ano com várias novidades que irão agradar adultos e crianças e, com certeza, resgatar toda a magia da festa mais esperada do ano. Serão utilizados mais de 150 mil garrafas pet para a confecção de flores, bolas, sinos, velas, guirlandas e outros enfeites. Este número junta-se as mais de 150 mil garrafas pet utilizadas na decoração natalina do ano passado.

_MG_3532

Como no ano passado, as principais ruas e pontos turísticos da cidade receberão uma decoração e iluminação especiais, entre eles, a Praça da Matriz,  com uma Árvore de Natal gigante de 15 m de altura,  a Praça do Fórum, o  Palácio das Águias, os dois portais da cidade. No Horto Municipal irá ficar a Casa do Noel com o bom velhinho e Mamãe Noel esperando a criançada para ouvir os pedidos e tirar fotos. Uma das novidades este ano é a Parada de Natal, um animado desfile natalino pelas  principais ruas da cidade, e a Fábrica do Papai Noel, um espetáculo musical que acontece aos sábados e domingos no Centro Cultural da cidade.

Informações sobre a cidade e hospedagem nos telefones (19) 3895-9562 ou por meio dos sites  www.socorro.tur.br e www.socorro.sp.gov.br.

Veja como chegar, onde se hospedar, comer e todos os atrativos do Circuito das Águas:

www.circutodasaguaspaulista.sp.gov.br. O site tem informações úteis sobre todas as cidades que formam o Circuito das Águas Paulista. Endereço: Rua Nossa Senhora do Rosário, s/n – Centro de Convenções Circuito das Águas (Rodovia Serra Negra – Lindóia) Serra Negra. Telefone (19) 3892-1015

****

 

LOGO PARA ASSINATURACurta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/travelforlifebr/

Siga-nos no Twitter: @travelforlifebr

Siga-nos no Instagram: travelforlifebr

 

****

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *